Estilo clássico, um estilo que nunca passa de moda…

Estilo clássico, um estilo que nunca passa de moda…

Mobiliário robusto, ornamentado e de tom mais escuro, linhas curvas e tecidos vistosos, conheça estas e outras características do estilo clássico.

Surgido na antiguidade clássica em que a arquitetura era sinónimo de beleza e riqueza, este é um estilo eterno e que nunca passa de moda. De todos os estilos decorativos, o clássico é aquele que se distingue pela sua intemporalidade e requinte, o que se traduz em espaços repletos de sofisticação e conforto.
Seja na arquitetura ou no mobiliário, seja nas peças decorativas, paredes ou tetos, as suas linhas são sempre cheias de detalhe. Se aprecia este estilo, conheça então melhor algumas das suas características.

Mobiliário

Neste estilo, o mobiliário ou é efetivamente antigo ou parece ser antigo, caracterizando-se essencialmente pela sua imponência. Por ser rebuscado, este destaca-se pelo excesso de pormenores trabalhados, sendo as madeiras mais utilizadas o mogno, a cerejeira e a nogueira, sempre em tons mais escuros.

As madeiras de mogno, cerejeira e nogueira, sempre em tons mais escuros, são dos materiais mais usados

Materiais e iluminação

Para além da madeira em tons escuros, o mármore e os acessórios metálicos são também materiais de eleição. O papel de parede é de igual forma bastante utilizado, quase sempre estampado. No que respeita à iluminação, esta é mais suave, sendo o tom amarelado o mais usual.

Mármore, acessórios metálicos, papel de parede estampado são também materiais de eleição

Cores

Numa decoração clássica, várias são as cores predominantes, nomeadamente o preto, o bordeaux, o azul marinho e o verde esmeralda, combinados com elementos dourados, prateados, cor de ferrugem e rosa claro. Para dar um toque mais requintado ao ambiente, pode optar-se pelo branco, o cru e o bege, como ainda as diferentes tonalidades de castanho.

São cores habituais, neste estilo, o preto, o bordeaux, o azul marinho, o verde esmeralda, combinados com elementos dourados, prateados, cor de ferrugem e rosa claro

Peças decorativas

Espelhos, livros, bustos, candelabros, abajures de seda, cristais, porcelanas e pratarias são os objetos mais usados neste tipo de decoração, aparecendo, muitas das vezes, em duplicado, justamente para se obter aquela que é considerada uma das características mais marcante deste estilo: uma simetria harmoniosa.

Simetria harmoniosa obtida com a duplicação de peças decorativas, como espelhos, livros, bustos, candelabros, abajures de seda, cristais, porcelanas e pratarias

Tecidos e tapetes

No estilo clássico, os tecidos são particularmente vistosos, pelo que a seda, o veludo e o brocado, com padrões lisos ou florais, são os mais apreciados. De igual modo, os tapetes desempenham um papel importante, sendo espessos, com padrões clássicos e com várias cores.

Tecidos como a seda, o veludo e o brocado, com padrões lisos ou florais, são também característicos

Importa acrescentar que, quem optar por este estilo, deve ter alguns cuidados, isto para que o ambiente não apareça exagerado. Uma decoração clássica requer espaços amplos e com pé direito alto. Caso este seja mais pequeno, basta colocar alguns apontamentos ou uma peça de mobiliário, misturando-os com elementos de outros estilos. O segredo consiste em conseguir o equilíbrio e especialmente a simetria visual.

No estilo clássico, a qualidade do mobiliário e respetivos acabamentos é primordial. Para quem aprecia este estilo decorativo, a Novibelo dispõe de profissionais especializados, tanto na conceção como na montagem de todo o tipo de mobiliário, ajudando-o na seleção das melhores matérias-primas e acessórios.

Contacte-nos.

Deixe um comentário